quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Vaticano alerta para consequências das mudanças climáticas

«Osservatore Romano» critica inércia da comunidade internacional

O jornal do Vaticano, “L'Osservatore Romano”, chamou a atenção para as catástrofes naturais que ocorrem em todo o mundo, por estes dias, apelando a um maior compromisso na luta contras as mudanças climáticas.

"Os atrasos na luta contra as mudanças climáticas e a falta de controlo sobre as construções, em geral desordenadas, são as causas usuais de situações que se repetem cada vez com maior frequência", refere um artigo publicado na edição de 9-10 de Agosto do jornal.

Falando ainda em “cimentificação”, o «Osservatore Romano» aponta o dedo às “trágicas consequências do mau tempo que está a flagelar grande parte da Ásia, do Paquistão, da Índia e da China, e também vastas regiões da África e da Europa”.

Estas calamidades, pode ler-se, “invocam responsabilidades políticas locais e internacionais".

O jornal recorda as recentes tragédias no Paquistão - com 1500 mortos e cinco milhões de afectados – China e Índia, por causa dos aluviões.

Na Europa, as violentas chuvas atingiram Polónia, Alemanha e República Checa, provocando várias mortes e avultados danos materiais.

Fonte: http://www.agencia.ecclesia.pt/cgi-bin/noticia.pl?&id=81011

Um comentário:

eire.bomfim disse...

Demorou, faltou reconhecer que a igreja também tem um papel influenciador para a conduta da sociedade em relação ao meio ambiente, "o pior cego é aquele que não quer ver". Abraços, fiquem com Deus. Att.